Você está aqui: Home » Regras oficiais

Regras oficiais

As regras oficiais de natação estão escritas em inglês – as versões em francês e português são uma tradução, de forma que em caso de dúvida sempre prevalece a versão em inglês.

Site oficial da FINA: http://fina.org/content/fina-rules

Regras atualizadas em 2017 e válidas de 21/09/2017 até 31/12/2021: 2017_2021_swimming_16032018

Regras tradução oficial da CBDA: RegrasOficiaisNatacao2017_2021

[regras desatualizadas] Site oficial da FINA:
http://www.fina.org/H2O/index.php?option=com_content&view=section&id=17&Itemid=184

[regras desatualizadas] Regras atualizadas em agosto de 2013, valendo a partir de 23 de setembro de 2013:
http://www.regrasdenatacao.com.br/wp-content/uploads/2013/08/FINA_Rules_2013_2017.pdf

[regras desatualizadas] Regras atualizadas 2013 a 2017, tradução oficial da CBDA:
http://www.regrasdenatacao.com.br/wp-content/uploads/2016/08/REGRAS-FINA-2013-2017-PORTUGUÊS.pdf

[regras desatualizadas] Regras de natação traduzidas por Marcelo Falcão:
http://www.regrasdenatacao.com.br/arquivos/Apostila_Arbitragem_Natacao_2009_2013.doc

[regras desatualizadas] Regras traduzidas por Marcelo Falcão com texto original:
http://www.regrasdenatacao.com.br/arquivos/regras2013.pdf

Regras do IPC/World Para Swimming, em inglês, válidas a partir de janeiro de 2018: World Para Swimming Rules 2018

Regras de natação do IPC (International Paralympic Comittee – Comitê Paralímpico Internacional), em inglês, válido até 2014:
[regras desatualizadas] http://www.regrasdenatacao.com.br/arquivos/ipc2014.pdf

As regras da natação paralímpica (atenção para o termo “paralímpico” que sofreu uma alteração mundial ano passado, já que até 2011 podia se chamar natação “paraolímpica”) são complementares às regras da FINA, ou seja, as regras de natação “normal” valem para o IPC, exceto em casos onde existem observações acerca à regra tradicional.

25 comentários

  1. Avatar

    Olá amigos, sou árbitra de natação e simplesmente ADOREIII o site, também ministro aula na faculdade e o site me ajudou em muito para construir as aulas de forma divertida e interessante.PARABENS.

  2. Avatar

    sou tecnico de natação e adorei um site onde podemos compartilhar nossas duvidas e ajudar uns aos outros. muito bom . parabens

  3. Avatar

    Apenas Curiosidades da Regra: “Caso”

    fui nadar os 200m Peito na Longa (P50m), em Maldonado (UR)

    a prova era tranquila, quiz alongar bem para economizar para outras provas.

    Resumo: na 1a. Filipina após saída, alonguei bem cerca de 17/18metros.

    Fui desclassificado, o árbitro aplicou a regra dos 15m, depois consegui reverter o caso, alegando podendo ser 1 movimento completo de Filipina.

    Foi engraçado !

    • Avatar

      Ainda bem que você entrou com recurso Rodrigo. Infelizmente foi um erro grave do juiz que fez a papeleta e do árbitro que aceitou a desclassificação, pois a regra dos 15m não se aplica no peito.

      • Avatar

        Ótima informação, eu pensava que a regra do 15 m valesse para todos os estilos.

  4. Avatar

    A NATAÇÃO É MUITO IMPORTANTE PARA O SER HUMANO E PARA AS PESSOAS É UM TIPO DE ACADEMIA PARA OS NADADORES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Avatar

    vcs vcs sabem qual o movimento que prevalece na natação?Justificar cada item?

  6. Avatar

    Boa noite….no nado costas atleta executa a virada simples ,ou seja tocando uma das mãos na borda, em dec.dorsal, faz o giro do corpo e toca os pés na borda e implulsiona…o toque pode ser apenas de um dos pés?…ou tem que ser com os dois pés….

    Segundo regra terá que tocar uma parte do corpo…ok?…me confirme por gentileza..

    ATT

    MARCOS

    • arbitro

      O toque pode ser com qualquer parte do corpo. O que deve ser observado na virada do nado costas é que quando a parte do corpo tocar a parede, o atleta tem que estar na posição de costas, e quando ele deixar a parede, também deve estar na posição de costas. O que ele irá fazer durante a virada é irrelevante.

  7. Avatar

    Na virada dos nados peito e borboleta a regra diz que o atleta tem que tocar a parede com as duas mãos e que após o toque, ele pode virar de qualquer jeito.
    Isso que dizer que se o atleta quiser, ele pode realizar uma virada cambalhota ou existe algum detalhe na regra que o impeça de fazer essa virada?

    Antecipadamente agradeço o esclarecimento.
    Um abraço,
    Eduardo

    • arbitro

      Sim, após o toque ele pode realizar a cambalhota. Mas atenção que quando os dois pés deixarem a parede, o corpo deve estar na posição ventral, ou seja, não pode deixar a parede de costas e depois virar pra continuar o nado peito ou borboleta.

      • Avatar

        só me explique como este atleta que após tocar a parede irá realizar cambalhota!?

  8. Avatar

    ola boa tarde sou paulo formado licenciatura e bacharel em educação fisica gostaria de trabalhar na area de natação mais o conhecimento que tenho ainda e pouco , gostaria de saber dos amigos ai , algum curso , a e aceito tambem estagiar na area tenho o cref sou de sp capital meu email – prdesouza25@bol.com.br muito agradecido abraço

  9. Avatar

    Olá, sou ex atleta federado por mais de 10 anos e gostaria de montar e treinar uma equipe de natação na escola do meu filho. Como ex atleta federal eu poderia esta desenvolvento este trabalho?

    • Árbitro de Natação

      Treinadores de natação devem ser profissionais formados na área (Educação Física) e registrados no CREF (Conselho Federal de Educação Física).

  10. Avatar

    Gostaria de saber se posso utilizar um vídeo gravado na competição e apresentar para árbitro.
    Pois cronometrista não viu um nadador chegar e so parou o cronômetro 10 segundo depois
    posso solicitar um recurso e a organização do evento tem q aceitar o vídeo?

    • Árbitro de Natação

      Não, nenhum vídeo é utilizado como prova. O recurso só pode ser solicitado pelo chefe da equipe ou técnico, nunca pelo atleta ou pai/mãe.

  11. Avatar

    Numa prova de natação, após o apito, os atletas sobem no bloco e o árbitro se prepara para dar a partida, anuncia o ” às suas marcas”, mas percebe que um dos atletas está em desequilíbrio, aguarda um pouco de tempo (um a dois segundos), até que o atleta acaba por cair na água, havendo neste instante a manifestação do público, com o conhecido “OHHHH”.
    Após um ou dois segundos da queda do atleta, o árbitro faz o aviso de “última forma”.
    Ao final da frase “última forma”, um dos outros atletas, se desequilibra e cai na água.
    Por estar também em posição de largada aguardando o sinal de “saída abortada” e após tanto tempo na posição de largada e por obviamente estar em dúvida se a largada seria ou não abortada, o atleta se desequilibra e cai, assim que ouve o “última forma”.
    A queda desse segundo atleta só acontece após o árbitro dar o comando de “última forma”.
    Esse referido atleta também deve ser desclassificado?
    Isso ocorreu numa competição oficial e houve muitas dúvidas com relação à desclassificação ou não do atleta

    • Árbitro de Natação

      O atleta que caiu depois do árbitro de partida ter anunciado “última forma” ainda é desclassificado, de acordo com a regra SW 4.4: “Any swimmer starting before the starting signal has been given, shall be disqualified.” A regra não faz menção ao desequilíbrio ou ao anúncio de “step down/última forma” que anularia a desclassificação. O atleta quando está no bloco de partida para a largada só deve cair n’água ou deixar a parede – no caso do nado costas – quando o sinal de partida ter sido dado.

  12. Avatar

    Eu tenho vontade de fazer natação como eu faço pra mim fazer a inscrição

  13. Avatar

    odiei esse site ele so diz outros sites onde nos podemos achar regras de verdade

  14. Avatar

    Gostaria de saber qual a idade máxima para participar da paraolímpiada de natação

  15. Avatar

    Recentemente participei de uma etapa de natação master no qual fui desclassificado no 200 metros costas por ter feito a chegada submersa. Havia escutado em conversas com colegas nadadores essa tomada de decisão em nado de costa e achei que era uma interpretação equivocada no comentário. Fato que isso veio ocorrer comigo.
    Nao entendendo onde essa regra surgiu fi uma consulta na nas regras da Fina no SW6 nado de costas para chegadas e encontrei:
    SW 6.5 – Quando do final da prova, o nadador tem que tocar a parede na posição de costas na sua respectiva raia.
    Você como arbitro oficial poderia esclarecer em qual regra na Fina descreve a chegada do nado de costa ser proibido estar submerso?

    • Árbitro de Natação

      A desclassificação não faz referência à chegada mas sim ao nado. A regra diz que durante o percurso, o atleta tem que manter-se quebrando a linha d’água, e até o momento do toque, sua prova é considerada percurso. Existem outras desclassificações do tipo em nível nacional e internacional, mas não é usual. De qualquer forma, em seu caso, prevalece a palavra do árbitro geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *