segunda-feira, julho 22, 2024
InícioFederação AquáticaCom pandemia, regras da FINA serão revisadas este ano

Com pandemia, regras da FINA serão revisadas este ano

Por Alex Pussieldi, publicado originalmente na Swim Channel

A cada quatro anos, FINA reúne sugestões do mundo inteiro que passam pela análise dos seus Comitês Técnicos e são aprovadas ou não pelo Bureau. A mudança de regras da FINA é algo que estava marcado para a Assembleia da entidade que aconteceria em maio de 2021 no Mundial de Fukuoka. O evento passou para 2022 e agora será em 2023. Mesmo com a realização do Campeonato Mundial dos Esportes Aquáticos Extraordinário em Budapeste, de 18 de junho a 3 de julho deste ano, a mudança de regras não vai acontecer lá.

As regras da FINA estão em vigor desde 2017 e serão revisadas este ano, mas de forma virtual. Todos os seis esportes aquáticos (natação, águas abertas, nado artístico, saltos ornamentais, polo aquático e high diving) além das regras gerais da entidade passam por revisão e estudo incluindo a categoria Masters.

Qualquer uma das 209 federações nacionais filiadas a FINA podem encaminhar a entidade uma sugestão de revisão ou mudança de regra. Qualquer treinador, clube ou federação filiado a CBDA pode encaminhar algum tipo de proposta que, se receber suporte da entidade, será encaminhada para a FINA podendo ser aprovada e incluída nas mudanças a serem impostas este ano.

Os Congressos Técnicos onde as regras serão aprovadas já estão marcados:
3 de outubro – Nado artístico, polo aquático e high diving
4 de outubro – Águas abertas e polo aquático
5 de outubro – Natação e masters

O prazo final para submeter uma proposta de revisão ou ajuste de regra vai até julho, três meses antes da realização dos Congressos Técnicos. Estas propostas, após a conferência pelo Diretor Executivo da FINA são enviadas aos Comitês Técnicos. Até setembro, 30 dias antes dos Congressos Técnicos as 209 federações nacionais devem indicar dois representantes para cada um dos Congressos.

As novas regras a serem aprovadas em outubro de 2022 entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2023.

Árbitro de Nataçãohttp://www.regrasdenatacao.com.br/
Olá, eu sou o árbitro de natação e adoro discutir sobre regras de natação. Leia, releia, discuta e conheça as regras que movimentam o nosso esporte.
RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments

ALCIDES PEREIRA DA SILVA on Vídeo: como é uma virada de costas regular
Lidyane Maciel on As categorias no Brasil
Bruno Gouvea on A saída de mergulho
Guilherme da Silva on Nado borboleta na categoria master
Maria Salete ribeiro on As categorias no Brasil
GABRIELA AMANCIO VELOSO on Como é calculado o índice técnico
Sandra Belarmina da Silva Rodrigues on As categorias no Brasil
Anonimo on Regras oficiais
Victor hugo on A saída de mergulho
Marco Túlio Vichinski Rocha on As categorias no Brasil
Gilson Ataides Rodrigues on As categorias no Brasil
Marcia on Regras oficiais
Fabiana Machado Santos on As categorias no Brasil
José Carlos on Regras oficiais
Eduardo Alvim on Regras oficiais
Marco Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Árbitros brasileiros relacionados na FINA
wendell de oliveira freire on Entre em contato!
luis on Regras oficiais
Erlon Pinheiro on Regras oficiais
paulo roberto de souza on Regras oficiais
Natan Cyrino Volpini on Entre em contato!
Natan Cyrino Volpini on Perfil: Marcelo Falcão
hudson furlanetto silva on Virada errada de costas
Fenelon Vieira de Carvalho on Como é feito um balizamento?
miguel on Regras oficiais
Ninfa Aliaga Tello on Perfil: Marcelo Falcão
arbitro on Regras oficiais
Eduardo on Regras oficiais
Fernando Franco on A saída de mergulho
Fenelon Vieira de Carvalho on Mudanças no nado peito
arbitro on Regras oficiais
Julio Cesar on A posição dos pés
Ronaldo Marra on A posição dos pés
arbitro on Trajes aprovados
celso dolivo on Trajes aprovados
Germano Colling on A posição dos pés
jose estevam simoes on Entre em contato!
Ernesto Lima Filho on Entre em contato!
LUIZ FERNANDO on As categorias no Brasil
Daniel Takata on Swim-off: o que é isso?
Alexandre on A saída de mergulho
Adalberto on Voltando a submergir
Adalberto on Regras oficiais
Andréa Coêlho on Regras oficiais