sábado, março 2, 2024

Brigas

Durante o Campeonato Mundial de Melbourne, na Austrália, em 2007, um fato inusitado ocorreu na área de balizamento: o pai da atleta Kateryna Zubkova, Mihail, que por acaso também é o pai dela, a 5 minutos do término da sessão de finais, começou a bater nela com uma toalha, bater com a mão e jogar cadeiras de plástico contra ela. Tudo isso filmado pela câmera que fica ali para mostrar a preparação dos finalistas de cada prova! O motivo da briga: mau resultado. A paulada durou uns 7 minutos e no fim o pai aparece ao lado da filha “consolando-a”.

O péssimo exemplo custou apenas a credencial do técnico na competição. No entanto, a polícia foi chamada e o pai teve que ir ao juiz australiano. Não encontrei nada falando sobre o julgamento, nem ao menos sobre multa.

Transpondo o caso para o esporte (porque isso foi caso de MMA!), acontecimentos desta natureza são caso de polícia e da organização do evento, nada referente à arbitragem.

Já se ocorre na piscina, vale o julgamento do árbitro geral – que poderá desclassificar todos os atletas envolvidos na briga – e também é possível que o caso seja levado ao tribunal desportivo ou a corte especial que existe em grandes eventos para julgamento ainda no mesmo dia (coisa bastante comum, por exemplo, durante um Jogos Abertos).

Árbitro de Nataçãohttp://www.regrasdenatacao.com.br/
Olá, eu sou o árbitro de natação e adoro discutir sobre regras de natação. Leia, releia, discuta e conheça as regras que movimentam o nosso esporte.
RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments

ALCIDES PEREIRA DA SILVA on Vídeo: como é uma virada de costas regular
Lidyane Maciel on As categorias no Brasil
Bruno Gouvea on A saída de mergulho
Guilherme da Silva on Nado borboleta na categoria master
Maria Salete ribeiro on As categorias no Brasil
GABRIELA AMANCIO VELOSO on Como é calculado o índice técnico
Sandra Belarmina da Silva Rodrigues on As categorias no Brasil
Anonimo on Regras oficiais
Victor hugo on A saída de mergulho
Marco Túlio Vichinski Rocha on As categorias no Brasil
Gilson Ataides Rodrigues on As categorias no Brasil
Marcia on Regras oficiais
Fabiana Machado Santos on As categorias no Brasil
José Carlos on Regras oficiais
Eduardo Alvim on Regras oficiais
Marco Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Árbitros brasileiros relacionados na FINA
wendell de oliveira freire on Entre em contato!
luis on Regras oficiais
Erlon Pinheiro on Regras oficiais
paulo roberto de souza on Regras oficiais
Natan Cyrino Volpini on Entre em contato!
Natan Cyrino Volpini on Perfil: Marcelo Falcão
hudson furlanetto silva on Virada errada de costas
Fenelon Vieira de Carvalho on Como é feito um balizamento?
miguel on Regras oficiais
Ninfa Aliaga Tello on Perfil: Marcelo Falcão
arbitro on Regras oficiais
Eduardo on Regras oficiais
Fernando Franco on A saída de mergulho
Fenelon Vieira de Carvalho on Mudanças no nado peito
arbitro on Regras oficiais
Julio Cesar on A posição dos pés
Ronaldo Marra on A posição dos pés
arbitro on Trajes aprovados
celso dolivo on Trajes aprovados
Germano Colling on A posição dos pés
jose estevam simoes on Entre em contato!
Ernesto Lima Filho on Entre em contato!
LUIZ FERNANDO on As categorias no Brasil
Daniel Takata on Swim-off: o que é isso?
Alexandre on A saída de mergulho
Adalberto on Voltando a submergir
Adalberto on Regras oficiais
Andréa Coêlho on Regras oficiais