sábado, junho 22, 2024
InícioNadadorNado livre... é livre

Nado livre… é livre

 

Eu posso nadar costas nos 400m livre?

Sim. Você pode nadar até “cachorrinho” se quiser. Ainda assim, poderá dar umas braçadas de borboleta e depois virar de novo pro costas.

O nado livre é… livre. As 3 regras específicas do nado que devem ser respeitadas são as seguintes:

  1. A saída tem que ser com mergulho (do bloco ou do chão, desde que permaneça imóvel ao sinal de “a suas marcas” do juiz de partida, e também não coloque o pé em outro lugar que não o nível do chão);
  2. O nadador tem que quebrar a superfície d’água nos 15 metros durante a saída e viradas e depois disso durante TODO O TEMPO até a próxima virada ou chegada alguma parte do corpo tem que quebrar a superfície d’água;
  3. Alguma parte do corpo tem que tocar a parede nas viradas e na chegada.

A estes itens aplica-se o seguinte no caso de provas de medley (individual ou revezamento): o nado não pode ser igual ao borboleta, costas ou peito.

São regras bem simples que acabam gerando alguma criatividade no pessoal. A primeira delas é fazer outro estilo que não o crawl numa prova de 50m livre. Já o leitor que teve a dúvida sobre os 400m livre nadando de costas, ainda adicionou perguntando sobre a saída. A saída do nado livre deve ser de cima, do bloco ou chão, e tem que ser um mergulho. Depois disso, ele quer virar pra costas? Sem problema algum. Não existe razão para ser desclassificado.

Mas…

Como em toda competição, o árbitro geral é quem decidirá pela sua “brincadeira”. Ele poderá desclassificá-lo sob o argumento de atitude anti-desportiva: pôxa, você foi inscrito na prova de 400m livre e nadou de costas? Isso é um tanto estranho, mesmo porque não existe oficialmente a prova de 400m costas e ainda por cima pode ser considerado um desrespeito aos nadadores da prova e público presente… Informar-se antes com o árbitro geral e explicar a razão da mudança de estilo antes da prova será muito mais racional do que no fim da prova encontrar um DQ no resultado.

Artigo anterior
Próximo artigo
Árbitro de Nataçãohttp://www.regrasdenatacao.com.br/
Olá, eu sou o árbitro de natação e adoro discutir sobre regras de natação. Leia, releia, discuta e conheça as regras que movimentam o nosso esporte.
RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments

ALCIDES PEREIRA DA SILVA on Vídeo: como é uma virada de costas regular
Lidyane Maciel on As categorias no Brasil
Bruno Gouvea on A saída de mergulho
Guilherme da Silva on Nado borboleta na categoria master
Maria Salete ribeiro on As categorias no Brasil
GABRIELA AMANCIO VELOSO on Como é calculado o índice técnico
Sandra Belarmina da Silva Rodrigues on As categorias no Brasil
Anonimo on Regras oficiais
Victor hugo on A saída de mergulho
Marco Túlio Vichinski Rocha on As categorias no Brasil
Gilson Ataides Rodrigues on As categorias no Brasil
Marcia on Regras oficiais
Fabiana Machado Santos on As categorias no Brasil
José Carlos on Regras oficiais
Eduardo Alvim on Regras oficiais
Marco Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Árbitros brasileiros relacionados na FINA
wendell de oliveira freire on Entre em contato!
luis on Regras oficiais
Erlon Pinheiro on Regras oficiais
paulo roberto de souza on Regras oficiais
Natan Cyrino Volpini on Entre em contato!
Natan Cyrino Volpini on Perfil: Marcelo Falcão
hudson furlanetto silva on Virada errada de costas
Fenelon Vieira de Carvalho on Como é feito um balizamento?
miguel on Regras oficiais
Ninfa Aliaga Tello on Perfil: Marcelo Falcão
arbitro on Regras oficiais
Eduardo on Regras oficiais
Fernando Franco on A saída de mergulho
Fenelon Vieira de Carvalho on Mudanças no nado peito
arbitro on Regras oficiais
Julio Cesar on A posição dos pés
Ronaldo Marra on A posição dos pés
arbitro on Trajes aprovados
celso dolivo on Trajes aprovados
Germano Colling on A posição dos pés
jose estevam simoes on Entre em contato!
Ernesto Lima Filho on Entre em contato!
LUIZ FERNANDO on As categorias no Brasil
Daniel Takata on Swim-off: o que é isso?
Alexandre on A saída de mergulho
Adalberto on Voltando a submergir
Adalberto on Regras oficiais
Andréa Coêlho on Regras oficiais