sábado, junho 22, 2024
InícioÁrbitroVirei e... cadê a borda?

Virei e… cadê a borda?

A borda é o limite de uma “volta” na piscina. Uma prova de 50m em piscina de 25m consiste em 2 voltas. Já a mesma prova de 50m em piscina de 50m consiste em 1 volta. Mas o que acontece se o nadador não completar essa “volta”?

Vamos separar as situações por estilo…

BORBOLETA: o atleta TEM QUE TOCAR COM AS DUAS MÃOS em todas as viradas. Não há como não fazer a virada de outro modo. Qualquer outro modo significa desclassificação.

COSTAS: aqui temos uma situação comum, onde o nadador conta braçada, vira o corpo de barriga para baixo e prepara-se para virar quando percebe que está distante da parede. O que ele deve fazer é: deslizar. Bater perna é permitido com a barriga de baixo. Não é permitido dar qualquer braçada durante esta posição. E se o nadador fizer, por exemplo, essa virada no meio da piscina? Bem, o árbitro geral decidirá mas é muito provável que ele seja desclassificado pois ele simplesmente saiu da posição de costas durante o percurso (apesar de ter virado, ele não estava apropriadamente próximo da borda, não é?).

PEITO: mesmo caso que o nado borboleta: TEM QUE TOCAR COM AS DUAS MÃOS em todas as viradas. Adiciona-se aos dois estilos ainda a exigência que quando o atleta está com as duas mãos, o corpo tem que estar de barriga para baixo, “olhando” o fundo da piscina. Ou seja, o corpo não pode estar de lado.

LIVRE: se acontece de um nadador virar no meio da piscina e começar a nadar “de costas”, depois vira de novo pra posição do crawl, tudo normal. Se ele virou antecipado e está bem longe da borda, ele pode voltar até tocar alguma parte de seu corpo na borda, não será desclassificado. Mas se ele virar e começar a nadar novamente sem tocar na borda, isso resultará em desclassificação.

Veja o vídeo abaixo ilustrando essa virada sem toque na borda:

Árbitro de Nataçãohttp://www.regrasdenatacao.com.br/
Olá, eu sou o árbitro de natação e adoro discutir sobre regras de natação. Leia, releia, discuta e conheça as regras que movimentam o nosso esporte.
RELATED ARTICLES

Most Popular

Recent Comments

ALCIDES PEREIRA DA SILVA on Vídeo: como é uma virada de costas regular
Lidyane Maciel on As categorias no Brasil
Bruno Gouvea on A saída de mergulho
Guilherme da Silva on Nado borboleta na categoria master
Maria Salete ribeiro on As categorias no Brasil
GABRIELA AMANCIO VELOSO on Como é calculado o índice técnico
Sandra Belarmina da Silva Rodrigues on As categorias no Brasil
Anonimo on Regras oficiais
Victor hugo on A saída de mergulho
Marco Túlio Vichinski Rocha on As categorias no Brasil
Gilson Ataides Rodrigues on As categorias no Brasil
Marcia on Regras oficiais
Fabiana Machado Santos on As categorias no Brasil
José Carlos on Regras oficiais
Eduardo Alvim on Regras oficiais
Marco Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Entre em contato!
Marco Aurélio Marques Batista on Árbitros brasileiros relacionados na FINA
wendell de oliveira freire on Entre em contato!
luis on Regras oficiais
Erlon Pinheiro on Regras oficiais
paulo roberto de souza on Regras oficiais
Natan Cyrino Volpini on Entre em contato!
Natan Cyrino Volpini on Perfil: Marcelo Falcão
hudson furlanetto silva on Virada errada de costas
Fenelon Vieira de Carvalho on Como é feito um balizamento?
miguel on Regras oficiais
Ninfa Aliaga Tello on Perfil: Marcelo Falcão
arbitro on Regras oficiais
Eduardo on Regras oficiais
Fernando Franco on A saída de mergulho
Fenelon Vieira de Carvalho on Mudanças no nado peito
arbitro on Regras oficiais
Julio Cesar on A posição dos pés
Ronaldo Marra on A posição dos pés
arbitro on Trajes aprovados
celso dolivo on Trajes aprovados
Germano Colling on A posição dos pés
jose estevam simoes on Entre em contato!
Ernesto Lima Filho on Entre em contato!
LUIZ FERNANDO on As categorias no Brasil
Daniel Takata on Swim-off: o que é isso?
Alexandre on A saída de mergulho
Adalberto on Voltando a submergir
Adalberto on Regras oficiais
Andréa Coêlho on Regras oficiais