Arbitragem brasileira sem representantes na natação dos Jogos de Tóquio 2020

0
38

Reprodução do Blog do Coach (link)

Por Alexandre Pussieldi, SporTV
14/12/2019 13h21

Não sei ao certo quantas Olimpíadas consecutivas, mas Tóquio 2020 vai marcar a quebra de uma sequência de representantes da arbitragem brasileira na natação dos Jogos Olímpicos. A FINA anunciou ontem a lista dos árbitros internacionais que estarão na competição (link), e o Brasil ficou de fora da lista. 

São 21 árbitros anunciados, mais dois juízes de partida. Entre eles, representantes dos cinco continentes. Nas Américas, são cinco árbitros. Estados Unidos, Argentina, Bermudas, Canadá e Aruba. 

Ainda não conseguimos apurar ao certo qual o motivo exato da ausência do árbitro brasileiro na lista. Algumas fontes falam que a lista teria sido escolhida por um árbitro argentino, outros garantem que a CBDA não enviou o formulário dentro do prazo exigido pela FINA. 

O que é confirmado é que o Brasil está fora da arbitragem olímpica. Uma tradição que começou lá trás, quando o saudoso Ruben Márcio Dinard colocou a arbitragem da natação no mapa mundial. Ganhamos respeito e reputação. 

A ausência de árbitro brasileiro na Olimpíada acontece logo depois do Mundial de Gwangju, onde também não tivemos nenhum representante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui